domingo, 12 de abril de 2009

Download "Metropolis" 1927 - Fritz Lang




Metropolis (conhecido no Brasil e em Portugal como Metrópolis) é um filme alemão de ficção científica produzido em 1927, realizado pelo cineasta austríaco Fritz Lang. Foi, à época, a mais cara produção até então filmada na Europa, e é considerado por especialistas um dos grandes expoentes do expressionismo alemão. O roteiro, baseado em romance de Thea von Harbou, foi escrito por ela, em parceria com Lang.

Enredo:

O enredo é ambientado no século XXI, numa grande cidade governada autocráticamente por um poderoso empresário. Os seus colaboradores constituem a classe privilegiada, vivendo em um jardim idílico, como Freder, único herdeiro do dirigente de Metropolis.
Os trabalhadores, ao contrário, são escravizados pelas máquinas, e condenados a viver e trabalhar em galerias no subsolo. Em meio à miséria dos operários, uma jovem, Maria, se destaca, exortando os trabalhadores a se organizarem para reivindicar seus direitos através de um escolhido que virá para os representar.
Através de cenas de forte expressão visual, com o recurso a efeitos especiais, algumas se tornaram clássicas, como a panorâmica da cidade com os seus veículos voadores e passagens suspensas. Alusões bíblicas, mistério, ação e romance, completam o leque que envolve o público e o mantém em suspense até ao final.
À época, Metropolis impressionou tanto Hitler que, quando ele chegou ao poder, solicitou ao Ministro Goebbels que abordasse Lang, convidando-o a fazer filmes para o partido nazista. Enquanto Thea Von Harbou, sua esposa à época, mergulhou no projeto, Lang evadiu-se para Paris, onde chegou a produzir filmes de conteúdo antinazista, passando-se posteriormente para os Estados Unidos, onde faleceu.
A obra demonstra uma preocupação crítica com a mecanização da vida industrial nos grandes centros urbanos, questionando a importância do sentimento humano, perdido no processo. Como pano de fundo, a valorização da cultura, expressa no filme através da tecnologia e, principalmente, da arquitectura. O ponto alto do filme e grande mote é, sem dúvida, o final - onde a metáfora O mediador entre a cabeça e as mãos deve ser o coração! se concretiza no simbólico aperto de mão mediado por Freder entre Grot (líder dos trabalhores) e Jon Fredersen - o empresário.

Download:

11 comentários:

  1. ESTE BLOG É MUITO BOM. ESTOU IMPRESSIONADO COM AS PESQUISAS E AS FOTOS. NÃO TEM NENHUM BLOG COM FOTOS TÃO NÍTIDAS E TÃO GRANDES.
    PARABÉNS.

    ResponderExcluir
  2. incrível o blog ! parabéns!
    e si puderem atualizar o documentário da janis joplin eu ficarei eternamente grata :)

    ResponderExcluir
  3. Parabénz pelo bl0g, gostei imensamente deste post, esse filme e fantástico.Forte abraço.

    ResponderExcluir
  4. Começo a baixar esse filme após tanto ouvir falar bem. Mas afinal, é um "Fritz Lang" e isso já é meio caminho andado. Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  5. Parabéns! Site com filmes raros e em ótima qualidade torna-se difícil de encontrar!
    Vocês são uma grata exceção!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Link removido... poxa!! Alguém pode postar novamente?

    ResponderExcluir